um par tão doce

12 junho, 2008

(…) carrego no fundo do meu peito um vazio devorador que somente o calor do seu corpo contra o meu é capaz de preencher.

Carta a D., André Gorz

Anúncios