carta de Cibele

18 janeiro, 2011

eu estava pronta para ser sua esposa, sua amiga, sua amante, a mãe dos nossos filhos. eu estava pronta para nosso casamento imaginário. eu fechava os olhos e algumas vezes visualizava aquele grande dia que iríamos declarar pro mundo a vitória do amor. eu acreditava que éramos vitoriosos. eu estava pronta para colocar aquele vestido branco que eu tanto gostei. eu acreditava que seriamos só eu e você, apesar de tudo. mas um certo dia tudo isso se desfez. você e seu pragmatismo diriam que foi uma consequência, uma reação ao que já estava acontecendo. eu e minhas ilusões infantis diríamos que tudo não passou de uma vontade inocente de ser feliz ao lado do meu primeiro amor. durante um tempo eu achei que seria o único, mas hoje sei que a vida é muito maior do que os meus desejos bobos. talvez você tenha sido isso, Lu. um desejo bobo. e o mais verdadeiro também.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: