carta de Cibele

2 dezembro, 2010

a exaustão física evidencia essa sensibilidade. a repetição exagerada de dores. a frustração que nunca passa. eu sempre tive medo de me aproximar e conhecer de perto a sua pior versão. não, não era aquela com defeitos, porque essa é a mais humana. caminhei em direção ao que você tem de mais seco e pragmático. tropecei em ilusões bobas de quem sonha desde criança com finais felizes. não percebi que a principal característica da vida é o movimento. sendo assim, tanto eu, quanto você, mudaríamos. a cansativa resistência que nós, seres humanos, temos com as mudanças, o fluxo diferente, o que transforma. racional seria entender que nada permanece, tudo é passível de já ser outra coisa, em outro momento, com outra pessoa. quando a gente menos espera já estamos preparando aquele café da manhã repetido pra um estranho sentado à mesa. café com leite e pão com manteiga. e aí então essa será uma lembrança refeita. será que todas as lembranças perdem sua essência? será que nem isso conseguimos preservar durante o tempo? tudo indica que não, Lourenço. tudo indica que as referências se renovam e se repetem. tudo indica que essa minha versão gasta será novidade pra se desgastar de novo. tudo indica que esse caminho que eu trilhei pra te alcançar não tem mais volta e agora o que eu tenho é um Lourenço gelado, mudo, como a folha de papel em branco, preocupado por pena e ansioso pra abraçar um mundo onde a minha presença é indiferente. não tenha dúvida, meu bem. porque algumas certezas devem ser respeitadas. você tem certeza dessa nova vida. só que eu também tenho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: