a vida é assim

15 dezembro, 2008

em menos de uma semana, um mês inteiro desapareceu e só deixou de presente uma possível úlcera. quando não há objetivos ou quereres, qualquer segunda é enjoada, qualquer novidade é sem graça, qualquer sentimento é vazio. talvez você diga que eu voltei. a verdade é que eu nunca fui embora e esse papo hermético esteve sempre por aqui, guardado. as gavetas estão todas fora do lugar, só esperando você chegar pra colocar ordem. ou bagunçar de vez. será que algum dia esteve organizado? quando tu dormes, você diz. mais um dia e seus sonhos gastos. não há problema na falta de clareza, eu entendo. você só precisa disso, dessa verborragia sem pé nem cabeça, esse monte de letra sem valor de compra. enquanto a conclusão falta, a incoerência sobra. o tempo todo.

Anúncios

2 Responses to “a vida é assim”

  1. rafaela Says:

    saudade de passar por aqui.

  2. claudia guay Says:

    ca-ce-ta-da!
    que fuerte.
    úlcera mesmo? ou só ficção?
    bjs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: