20 anos

9 dezembro, 2008

às vezes eu acho que Tina travou minha língua. desde sua chegada no bairro, perdi a fome. mais do que isso, perdi a vontade de dizer. toda vez que ela encosta sua boca na minha, meu coração dispara. sinto aquele gosto amargo do seu beijo e some a vontade que eu sinto de falar. eu queria dizer qualquer coisa pra ela, dizer que tudo é uma questão de tempo ou de algum sentimento mais verdadeiro. mas não consigo. prefiro nosso segredo, nosso encontro, a vontade que ambos têm de seguir juntos. eu sei que ela prefere também. todo dia, eu faço questão de ficar em silêncio por ela. e somente por ela. às vezes eu acho que Tina não quer mais ninguém.

Anúncios

One Response to “20 anos”

  1. Luppi Says:

    Se isso é vontade de não dizer, Tina se engana com seu falso silêncio.
    As vezes é questão de tempo achar as palavras certas, as vezes elas brotam pelos cantos aos montes, como mato no jardim.
    Cada gosto, amargo ou doce, imprime na língua suas palavras invisíveis.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: