a espera, talvez

18 junho, 2008

você diz que eu te levei a loucura.
a sua, por opção.
a minha, por não ter escolha.

talvez você tenha entrado na minha dança
e nunca conseguiu sair dela.

tudo se perdeu.
ou você se achou.

você não percebeu, mas se libertou, de vez.
você sabe exatamente o que está acontecendo,
mas não sabe lidar com suas vontades.

você ainda não sabe como me mandar embora da sua vida.

Anúncios

4 Responses to “a espera, talvez”

  1. Tatit Says:

    vou te emprestar samuel becket, nêga.

  2. garota do Blah Says:

    empresta mesmo? =p

  3. claudia guay Says:

    INTENSO.
    a poesia ganha qdo nós perdemos.
    (ou qdo nos perdemos)

  4. garota do Blah Says:

    claudia – gostei dessa brincadeira do “nós” e do “nos”. é isso, às vezes a batalha não tem por onde e o que fica são os versos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: